quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

Novas Oportunidades em Barroselas


Encontra-se em actividade desde 1 de Setembro do ano em curso um Centro Novas Oportunidades na Escola E.B. 2,3/S de Barroselas. Deu-se assim corpo a um anseio e a uma necessidade que tem levado esta escola a uma nova dinâmica, apostada em contribuir para o desenvolvimento de toda a comunidade onde está inserida.

Agora a aposta e o desafio são outros: o de fazer regressar à escola todos os adultos da área envolvente que, por razões múltiplas, foram forçados a abandonar os estudos, com consequências para a sua vida pessoal e profissional. Surge agora a possibilidade de verem reconhecido e certificado perante a comunidade um conjunto vasto e diversificado de competências adquiridas em contexto familiar, profissional e institucional.

O espírito das Novas Oportunidades, de que os profissionais desta escola estão imbuídos, é novo e nobre: a educação deve estar ao alcance e ao serviço de todos. Todos os saberes são válidos e a vida é, de facto, a grande mestra. Num clima de incertezas tão angustiantes como aquele em que vivemos, o acesso aos benefícios trazidos pela formação escolar é a principal garantia da igualdade de direitos e da justiça social. A capacidade de análise, o espírito crítico, a capacidade de compreender o mundo que nos rodeia é, porventura, o maior bem de cada indivíduo e os alicerces em que assenta a riqueza duma nação.

O Centro Novas Oportunidades da Escola E.B. 2,3/S de Barroselas quer ser a porta de entrada para uma nova vida acessível a todos aqueles que não têm ainda certificação de nível básico ou de nível secundário. Mas não termina aqui a sua missão e a sua ambição: pretende ser a plataforma onde os sonhos de cada adulto sejam concretizados e rentabilizados, orientando-os para cursos de educação e formação de adultos, vulgo Cursos EFA, desenhados de acordo com o perfil de cada formando e com as necessidades da região.

Apela-se, assim, à adesão dos adultos que podem ver reconhecidas as suas competências num processo novo, simples mas rigoroso, com total maleabilidade para se adaptar ao ritmo e à disponibilidade de cada indivíduo.

“Aprender até morrer” – diz o povo: Não deixemos escapar esta Oportunidade porque APRENDER COMPENSA!

Pedro Marques

1 comentário:

adelque disse...

Um texto muito bem esplanado, claro e persuasivo! Não tivesse eu a formação que tenho e seria o primeiro a aderir.
Realmente quem escreve assim de forma tão emotiva não deixa os mais cépticos pensarem duas vezes que necessitam de mais formação....
Parabéns.